fevereiro 21, 2012

pré-adolescentes

 por acaso isto é discussão diária aqui em casa...
Tenho um irmão de 12 anos. Não é criança, não é adolescente, é pré-adolescente diz ele e talvez até esteja certo. Está naquela altura de sair do armário por isso pré-adolescência serve para o classificar.
A cena deste pré-adolescentes é que são uns grandes embirrentos! Já com a mania que são independentes e que mandam neles mesmo a às vezes até nos outros... Este anda aqui sempre pela casa a resmungar com tudo e mais qualquer coisa então quando se lhe manda fazer alguma coisa é o fim do mundo!!

Mas mesmo assim os rapazes pré-adolescentes parecem-me normais, querendo com isto dizer que me parecem assemelhar-se com os meus colegas nesta idade. Já elas... Esta coisa de ser irmã mais velha, trás muitas chatices nomeadamente o facto de as amiguitas deles me "adorarem" e então choverem risadinhas nervosas quando passo, algumas mais corajosas vêm dar dois beijinhos armadas em pequenas adultas e chovem os pedidos no facebook. Não sou mal criada e até gosto que me convidem no facebook porque assim também sei o que o maroto do meu irmão anda a fazer. No entanto, elas (mais que eles) cada vez me enjoam mais com as suas estúpidas publicações e fotos ridículas cheias de grandes e estúpidas dedicatórias -.- estão tão longe da realidade, as pobres, e tão profundamente iludidas naqueles disparates que realmente me tira do sério ter que ler daquilo todos os dias.

Por exemplo "... com tudo o que nós já passámos vamos ser amigas para sempre", tipo 12 anos e já passaram taaaaaanto! Elas perdem mais tempo a crescer do que a aproveitar a vida e eu acho uma pena... E os comentários que fazem aos rapazes? Verdadeiras oferecidas, com joguinhos e merdinhas para chamarem a atenção, até a maneira como se vestem é demais (algumas têm roupa que eu também tenho! apesar de não terem corpo para e encher). Eu com a idade delas também já pensava nos rapazes e também tinha grandes amigas, mas não tinha facebook, nem telemóvel com mensagens à borla. Os meus entreténs eram super diferentes, eu ia andar de bicicleta, ia jogar às escondidas e à bola. Elas vão tirar fotografias assanhadas, postá-las no facebook e passar a tarde a comentá-las e a ser gozadas.

O meu irmão também gosta de facebook é verdade, mas dedica-lhe certa de 30 min, 1hora por dia, mas em tempos separados. Temos a sorte (por um lado) que ele é um eterno insatisfeito que nunca se agarra a nada: ele sai, ele joga no pc, vai ao facebook (onde é hilariante vê-lo gozar com as parvinhas, apesar de ele ser também ainda muito inocente), joga na playstation, vai jogar à bola, vai aturar as malucas das garotas, vai lanchar, adora ir para a quinta brincar com os animais... Ainda bem que ele assim é, goza a vida em vez de querer crescer à pressa (lá tem as suas manias é claro), se bem que nesta idades tudo muda depressa não é...



Pin It Now!

4 comentários:

  1. Fogo, parece que estás a falar do meu irmão xD
    Ele também tem 12 anos (fez ontem) e é exatamente assim :p

    ResponderEliminar
  2. deixem os putos... voces com a idade dele eram igual, nao tinha era essa percepção...

    é sempre assim...

    ResponderEliminar
  3. Ora aqui está um tema sobre o qual tenho sempre muito a dizer. Não me vou alongar [ufa!] mas posso dizer que concordo plenamente com o que escreves. O meu irmão tem 14 anos e o panorama é igual. As amigas dele convidam-me no FB, se vou à escola onde andei [e onde ele agora anda] e elas me vêm, começam os cochichos, etc. Acho que as cachopas fazem isto para os "agradar".
    Mas quando falas nas atitudes delas, eu acho que estás muito certa. Tristemente devo dizer que a realidade é mesmo essa: hoje em dia as garotas querem é roupas, maquilhagens, saltos altos, vodkas e namoros. Fotografias e FB. É lamentável! Eu também tenho FB, também adoro saltos altos e gosto imenso de sair. Mas quando tinha a idade delas queria era nenucos. Aos 13 anos ainda chuchava no dedo agarrada a um lenço. Internet era só quando ia a casa da minha tia.
    Eu compreendo e sei que os tempos mudam. Parece muito, mas estes últimos 10 anos passaram muito rápido. Todas as evoluções e tecnologias estão agora à mão de toda a gente, apesar as idades. Mas com tudo isto mudam também os valores. E a sociedade "cresce" demasiado rápido...

    ResponderEliminar