junho 23, 2012

«Mudam-se os tempos, mudam-se "as vontades"»






Tinha eu cerca de 13 ou 14 anos (já não me lembro bem) quando tive o meu primeiro telemóvel. As mensagens que mandava eram poucas e as chamadas eram quase uma nulidade, porque os carregamentos eram tão caros como agora e tanto mensagens como chamadas, tiravam o rendimento à casa...

Hoje em dia temos moches, extravaganzas, tags e sei lá mais quês, que nos tornam possíveis todas as chamadas e enviar mensagens que queriamos por praticamente uma pechincha se compararmos com esses tempos.

Agora que reflicto sobre isso, houve mudanças, bastantes drásticas! Refilei muito quando o meu moche passou de 5€ para 7,5€ mas na altura não recordei estes tempos em que realmente a comunicação via telemóvel era bastante custosa. E porque raio reflecti nisto??

Já é tardinho, e no trajecto bar-casa reparei que não tinha chaves de casa. Acordar a cota não me pareceu muito bem por isso bora lá telefonar ao puto. O puto tem 13 anos. Com 13 anos, eu e o telemóvel tinhamos uma relação muito recente (se é que já a tínhamos) e as internets também ainda era um mito para muita gente, e também não se saía à noite, logo as noites eram passadas em frente à TV ou a ler um livro e o horário de deitar não era muito tardio. Hoje em dia não é nada assim. Telefonei ao meu irmão para me abrir a porta, e durante os primeiros segundos da chamada ele nem percebeu que era eu (pensava que eu era uma amiga, uma tal de Mariana) até que lá entendeu e me abriu a porta. Se algum dia eu à 10 anos atrás estaria acordada entretida com o telemóvel! Que era isso!!!

Lá entrei a casa praticamente sem incomodar ninguém uma vez que o puto estava acordado... Engraçado como apenas de 10 anos de diferença acarretam tantas mudanças... Tudo é cada vez mais "obsoleto", a cada "dia" (hiperbolizando um pouco a coisa) à coisas novas a aprender e a interiorizar - a adaptação tem que ser cada vez mais rápida é o que é...




Pin It Now!

3 comentários:

  1. E custa a ver que daqui pra frente será assim. Cada vez mais tudo cheio de mudanças. E que sejam boas, pois coisas atuais assusta-me!

    ResponderEliminar
  2. Mudanças constantemente...até faz confusão !

    ResponderEliminar
  3. É verdade, estou de acordo contigo. Penso imensas vezes nisso, "como é que em 'apenas' dez anos tanta coisa pode mudar?" e, às vezes, não sei até que ponto uma evolução tão rápida não pode ser má para a sociedade...

    ResponderEliminar