janeiro 24, 2015

Amor

Branquinha





Há muitas formas de amar e muitos amores. Um dos que acho mais belo é o amor que os animais nos transmitem. Sempre tive cães, mas infelimente nunca em casa. Até ir morar para Lisboa estava constantemente com os meus cães e sempre pensei que quando me fosse embora a ligação se perdia. Mas isso nunca aconteceu, nem quando eram cachorrinhos e eu não os vi crescer, sempre conseguir criar boas relações com os animais da família. Acho os animais doces e puros e tenho-lhes muito respeito, acho-os criaturas fascinantes e acho que eles entendem o quanto eu os adoro.

A Branquinha é o meu último amor e já vos tinha falado nela: apareceu esfomeada ao pé de mim e do meu namorado e desde que a alimentámos, nunca mais saiu do cantinho dela - a quinta dos meus pais. O meu pai acedeu cuidar dela e ele própria ama a gatinha e ela nunca mais nos abandonou. É uma gata super carinhosa que nunca nos mostrou uma unha e adora miminhos. Nota-se que foi um animal que passou fome, sempre que come nota-se como é sôfrega. Mas agora está bem gordinha e cheia de mimo na barriguinha!

17.08.2014 - dia em que a Branquinha apareceu para nos dar amor

Hoje - A foto não está de grande qualidade, mas temos um Branquinha bem *fofinha*


Pin It Now!

8 comentários:

  1. Os animais são mesmo assim, deixam-nos de coração pequenino :)

    ResponderEliminar
  2. Eu ainda não sei como o ser humano é capaz de dar desprezo aos animais ou maltratá-los.
    Aqui em casa minhas duas cadelinhas são das que viviam na rua. Uma já tme mais de 10 anos, e a outra 2, esta mais nova quando minha tia trouxe para casa, não sabíamos que ela tinha uma pequena deficiência, só observamos quando já estávamos ha uns dias com ela.
    Mas o que ia fazer? Deitar fora como um objeto? Acho que se fosse outra pessoa faria isso mesmo par anão ter trabalho. Mas elas estão aqui conosco e nos dão muito carinho, e claro, nós a amamos muito. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que lindo gesto! Os animais são como as pessoas, Às vezes até melhores, ninguém me tira isso da cabeça! Só não tenho animais comigo em Lisboa, porque sei que não os ia poder tratar como deve ser, mas vai haver um dia em que vou poder e nesse dia irei comprometer-me com um animal e dar-lhe muito amor!

      Eliminar
  3. Os animais são criaturas formidáveis, porque amam incondicionalmente, sem pedir nada em troca. Acho que ainda temos muito que aprender com eles. Nota-se que a Branquinha está a ser muito bem tratada =)

    R: Bem sei que não pode ser tudo dado e arregalado, mas quando é para correr mal... corre mesmo mal! **

    ResponderEliminar
  4. Olhos lindos :)
    Por cá, tenho uma tucha - gata, uma Luna arraçada de labrador, uma Meg arraçada de boxer... A sasha - gata também :p
    Vieram todos da rua.

    ResponderEliminar
  5. É tão linda! Ainda bem que cuidaste dela e agora está feliz :)

    ResponderEliminar