janeiro 05, 2017

Há por aí, muita falta de bom senso


Sim isto é uma história de autocarros, e sim, foi quase como na imagem que aconteceu. Só que não.

Não me vou alongar muito. Foi numa carreira da Carris, eu nem assisti às situações em concreto que não tinha pipocas (entrado ainda pronto) mas fui apanhada na pior parte, que foi quando descambou tudo.

Não me vou alongar: foi tudo uma questão de falta de bom senso. Parece que o motorista procedeu mal, mas não houve mortos nem feridos, só que já se sabe que tuga que é tuga patina no azeite de tão azeiteiro que é (só para mandar a piada que não quero generalizar, mas todos conhecemos estes espécimes é ou não é?). Ora não um nem uma nem duas pessoas "amandaram-se" com tudo para cima do motorista (deixo à vossa imaginação), naquele registo do "estou mesmo a precisar de deitar cá para fora todas as frustrações este gajo que leve com elas!".

Mas esqueceram-se. Do que? Que o motorista também podia lá ter algumas guardadas, e tinha. Mas nem disse muitas, parou o autocarro ao pé de um polícia e chamou-o lá para dentro. E mais não sei que sai.

Bom senso meu amigos e amiga, é o que faz falta a esta malta dos transportes públicos. E pensar que do outro lado há uma pessoa e mais, normalmente cada um vê a sua razão e depois... Barracada! Pin It Now!

2 comentários:

  1. Pois, as pessoas não conseguem ter calma, sempre foi assim e sempre será.

    ResponderEliminar
  2. Ui, imagino a confusão que deve ter sido! Enfim...
    Beijinhos

    ResponderEliminar